Voltar

13/06/2018 11:25

Dupla é presa por furto na Vl. Municipal



DUPLA É PRESA APÓS FURTO A RESIDÊNCIA EM BRAGANÇA PAULISTA
 
Dois homens foram presos na tarde de terça-feira, 12, depois de praticarem furto em uma residência na Vila Municipal, em Bragança Paulista, nas proximidade do cemitério.

Os assaltantes viram quando os moradores saíram e aproveitaram para entrar na casa.

Eles furtaram 2 TV´s, 01 notebook, 01 câmera digital, bijuterias, roupas de cama e algumas moedas.

A ação foi percebida por vizinhos, que acionaram a Polícia Militar.

Com a informação de que os ladrões tinham seguido em direção ao Jardim Laranjeiras os policiais iniciaram as buscas detendo os suspeitos na Avenida Humberto de Alencar Castelo Branco, já no Tanque do Moinho.

Os dois foram detidos e identificados. Tratava-se de um homem de 40 anos e um de 28 anos.

Com o primeiro os policiais encontraram diversas moedas e duas correntes, posteriormente reconhecidas pela vítima como sendo de sua propriedade.  Com o outro havia uma câmera digital.

Eles confessaram a prática do furto na residência, dizendo que estavam fumando crack próximo ao cemitério, quando viram o proprietário saindo da residência e resolveram nela entrar.

Eles disseram ainda que após o furto, transportaram os objetos subtraídos em um veículo Parati, que era conduzido por um conhecido. Os policiais continuaram em diligências e localizaram a Parati estacionada na Rua Rinzo Aoki.

Dentro dela foram localizadas as 2 TV´s e o notebook.

O terceiro indivíduo não foi localizado.

A dupla foi conduzida ao Plantão Central da Polícia Civil, autuadoa em flagrante por furto qualificado e apresentados em audiência de custódia.

No momento em que era elaborada a ocorrência, o proprietário da Parati compareceu ao Plantão Central porque soube da apreensão do seu veículo, negando a participação no furto, alegando que estava trabalhando.

Ele não foi reconhecido como o terceiro indivíduo que ajudou na fuga. A participação do dono do carro ou não no caso será apurada pela Central de Polícia Judiciária. Os objetos subtraídos foram apreendidos e restituídos à vítima.

(Bragança em Pauta)


← Voltar