Voltar

01/08/2020 15:43

Hospital Albert Einstein erra resultados de COVID-19 em véspera de jogo

Erro nos resultados aconteceu em véspera de jogo decisivo diante do Corinthians

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Hospital Albert Einstein errou os resultados de 26 testes para coronavírus feitos com jogadores e estafe do Red Bull Bragantino antes do jogo contra o Corinthians, pela semifinal do Paulista. Os atletas foram diagnosticados com Covid-19, foram afastados de treinos e só puderam jogar porque exames em cima da hora deram negativo. A informação foi publicada inicialmente pelo "O Globo" e confirmada com duas fontes pelo blog. O laboratório confirmou que houve divergência nos testes do Bragantino por conta de problemas em um reagente usado.

O Einstein é o laboratório responsável pelos exames de coronavírus para o Brasileiro da Série A e para o Paulista. Isso gerou uma discussão no Conselho Técnico da Federação Paulista e o problema foi comunicado pelo Bragantino à CBF.

O Bragantinou estranhou esses resultados porque vinha testando constantemente. Os jogadores foram afastados por dois dias dos treinos. Mas o clube decidiu refazer os testes. Levou todas as pessoas para novos exames nos laboratórios Fleury e Cura. Os exames deram negativos. Com esses resultados em mão, o clube voltou ao Eistein no dia do jogo para refazer os testes. O laboratório fez os exames e constatou que as 26 pessoas, na realidade, tinham exames negativos. Com isso, os sete titulares foram liberados para jogar às 17 horas do dia do jogo diante do Corinthians, que ocorreu a partir das 19 horas.

 

Fonte: Diego Peréz


← Voltar