Voltar

17/04/2017 13:18

Mais de 11 mil pessoas foram vacinadas nos mutirões de vacinação

A Prefeitura de Bragança Paulista, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, Divisão de Vigilância Epidemiológica e Controle de Doenças, vacinou 11200 pessoas nos dois mutirões de vacinação contra a febre amarela nos bairros limítrofes a Pinhalzinho e Tuiuti, e nas proximidades do Campinho e Araras dos Cardoso, locais onde foram encontrados macacos mortos, sendo um confirmado para febre amarela.

A Secretária Municipal de Saúde, Marina de Oliveira, esteve nesta segunda-feira, 17 de abril, no Centro de Saúde “Dr. Lourenço Quilicci”, no bairro do Lavapés, para acompanhar o andamento das vacinações da febre amarela e aproveitou para fazer algumas orientações à população.

Por conta de reclamações sobre a demora no processo de vacinação, a secretária esclarece que a vacina contra a febre amarela tem algumas contraindicações, não permitindo que algumas pessoas sejam vacinadas. “Deve-se preencher um formulário no qual presta-se as informações necessárias para preservar a saúde de cada um, não é simplesmente chegar e vacinar como acontece na campanha da gripe. Peço que a população da zona rural fique tranquila porque nós chegaremos a todos”.

Pacientes que possuem comorbidades (doenças crônicas, do coração, com baixa imunidade, entre outras) e idosos com mais de 60 anos ou com problemas de saúde precisam de um laudo médico para se vacinarem. Pede-se que crianças até seis meses e gestantes também não se vacinem, exceto aquelas que estão próximas às áreas monitoradas.

Por enquanto, apenas o Centro de Saúde “Dr. Lourenço Quilicci”, no bairro do Lavapés, está aplicando as vacinas contra a febre amarela. A Secretaria de Saúde está planejando abrir novos postos de vacinação contra a febre amarela para atender a demanda da zona urbana.

Bragança Paulista não possui nenhum caso suspeito. A Secretaria Municipal de Saúde está alerta a esta situação, inclusive acompanhando os boletins emitidos pelo Centro de Vigilância Epidemiológica e as atualizações divulgadas pelo Estado.


← Voltar