Voltar

20/06/2020 12:34

Prefeitura disponibiliza informativo sobre violência contra mulher

Informativo sobre violência contra mulher durante a pandemia está disponível nas unidades de saúde do município. Guardiã Maria da Penha divulga balanço de atendimentos do período de janeiro a junho de 2019 e 2020

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O país vem sofrendo com os efeitos da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Neste momento em que o isolamento social é essencial como medida de enfrentamento e prevenção ao novo vírus, as pessoas em sua maioria estão em suas residências.

Diante desse cenário, por outro lado, a violência doméstica tem aumentado significativamente, vitimando inúmeras mulheres. Pensando nisso, o Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP) disponibilizou ao município o informativo para profissionais da área da saúde sob a temática "Atendimento de Mulheres em Situação de Violência no Contexto da Pandemia de Covid-19".

Muitas mulheres, em razão do isolamento social e do controle do agressor, não conseguem sair de suas residências para pedir ajuda. O informativo está disponível nas unidades de saúde e tem como objetivo alertar agentes comunitários e outros profissionais, bem como as vítimas sobre como proceder em situações de violência doméstica, os locais que podem auxiliar na busca por ajuda, canais de comunicação, entre outros.

Em paralelo, a Prefeitura por meio da Secretaria de Segurança e Defesa Civil e da Coordenadoria de Políticas para Mulheres, através do projeto Guardiã Maria da Penha tem realizado diversos trabalhos de proteção e prevenção em prol da integridade das mulheres no município.

Segundo balanço do projeto, em 2019 no período de janeiro a junho foram 49 casos de mulheres vítimas, enviados para acompanhamento através do Ministério Público atendidas, 303 visitas e 5 prisões de agressores.

Em 2020, no mesmo período, foram 61 casos encaminhados para acompanhamento por meio do Ministério Público, assim como foram realizadas um total de 493 visitas e 10 prisões.

Tendo em vista o aumento de vítimas atendidas, buscando combater esse tipo de violência, a Prefeitura lançou o aplicativo "153 Cidadão" com um espaço especialmente destinado a mulheres, através da GCM Guardiã Maria da Penha, com um botão de emergência para as vítimas ao acionar ter prioridade no atendimento por parte da força de segurança municipal. O aplicativo "153 Cidadão" é gratuito e já está disponível nas lojas de aplicativos dos aparelhos celulares. Esta é mais uma iniciativa apoiada pela Administração Municipal, que segue buscando alternativas para promover mais segurança à população bragantina.

Constantemente a Prefeitura por meio da Coordenadoria de Políticas para Mulheres vêm estudando medidas e iniciativas em prol das cidadãs, para que os dados da violência diminuam consideravelmente e todas tenham seus direitos e segurança garantidos.

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Bragança Paulista


← Voltar