Voltar

09/01/2018 19:29

Prefeitura divulga balanço final dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika

Para este ano a Prefeitura continuará com ações de prevenção, campanhas e mutirões de vacinação.

A Prefeitura da Estância de Bragança Paulista, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Divisão de Vigilância Epidemiológica e Controle de Doenças, informa sobre o Balanço Final dos casos de Dengue, Chikungunya, Zika Vírus e Febre Amarela. Este balanço fez a comparação do ano de 2016 com 2017.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os casos de Dengue registrados em 2016 foram de 584 notificados, sendo 235 confirmados. Já em 2017 foram notificados 143 casos, sendo apenas 1 (importado) confirmado.

No período analisado, não houve registro de casos confirmados de infecção pelo Zika Vírus. Também não teve casos de Febre do Chikungunya, embora tenha tinha três casos confirmados importados em 2016.

Em 2017, houve notificação de apenas 3 casos de Febre Amarela e nenhum caso confirmado, sendo um pendente aguardando exames laboratoriais com o resultado definitivo. Foram encontrados 85 macacos mortos, deste total 63 animais deram positivos, 14 negativos, 2 inadequados e 7 faltam resultados das análises. ​Só em 2017, a Prefeitura vacinou​ 84.600​ pessoas. ​ Cabe ressaltar que a Secretaria de Saúde continuará com ​as vacinações contra a febre amarela ​em todas as salas de vacina das unidades de saúde e outras ações.​

O assunto desperta a atenção da Administração Municipal que foca num trabalho articulado. Para este ano, a Prefeitura continuará com ações de prevenção à Dengue, Chikungunya e Zika Vírus em escolas, empresas, eventos, feira de alimentos e mercado municipal como, por exemplo, palestras educativas mensalmente, ações instrutivas (casinha de dengue, fantasia do mosquito), teatro, arrastões de limpeza e intensificação de visitas didáticas aos sábados sobre arboviroses (doenças causadas por vírus transmitidos por mosquito ou carrapato).

A Vigilância Sanitária atuará nas ações de controle de arboviroses durante suas vistorias de rotina. Todo mês, a Vigilância em Saúde fará visita em uma área do município para realização de atividades envolvendo à população no combate a doenças, inclusive no combate a arboviroses.

Dimp


← Voltar