Voltar

31/10/2016 11:11

Problemas nas redes de esgoto aumentam 22% durante as chuvas

Resíduos descartados pela população de forma irregular no vaso sanitário, nos ralos, nas pias e nas vias públicas acabam chegando às tubulações de esgotamento sanitário, entupindo a rede e causando o extravasamento de esgotos nas ruas e até refluxo dentro dos imóveis. Com o início da temporada de chuvas neste mês, os casos de obstrução aumentam, em média, 22%, passando de uma média mensal de 6.619 para 8.464 ocorrências.

Somente nos oito primeiros meses deste ano foram feitas 57.220 desobstruções nas redes de esgotos na Região Metropolitana de São Paulo e Bragança Paulista. Para evitar obstruções, é essencial que restos de comida, bitucas de cigarro, fio dental, absorventes, preservativos e pedaços de pano não sejam descartados pelo vaso sanitário ou pelo ralo da pia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A ligação indevida de água de chuva às redes de esgotos é outro motivo que sobrecarrega as tubulações de esgoto. Estruturadas para receber somente efluentes pequenos e momentâneos, como descargas e descarte de pia e tanque, se o morador lançar água de chuva na rede de esgoto, poderá haver o rompimento, com retorno do esgoto para dentro do imóvel.

​No Estado de São Paulo, o Decreto n˚ 5.916/75 determina que os imóveis tenham duas saídas. De responsabilidade da Sabesp, a tubulação de esgoto é construída para conduzir resíduos do vaso sanitário, chuveiro, pias e tanque. Já a saída pluvial, de responsabilidade da prefeitura, recebe a chuva e a água de lavagem que escoa por ralos e calhas. As saídas devem ser separadas para que o esgoto seja enviado para tratamento e as águas pluviais sejam encaminhadas para córregos e rios.

Para desobstruir a tubulação de esgoto, a Sabesp utiliza equipamentos especializados como caminhões de hidro jateamento (sewer jet) ou a vácuo (vac all). Além da retirada feita nas manutenções preventivas para limpeza de peneiras, cestos e gradeamento em estações elevatórias (bombeamento) ou estação de tratamento de esgotos.

Em caso de dúvidas relacionadas à rede de esgoto, o cliente pode entrar em contato com a Sabesp pela Central de Atendimento, no número 195. A ligação é gratuita.

Alguns cuidados simples ajudam a evitar o entupimento da rede de esgoto: Não jogue no vaso sanitário ou na pia, lixo e materiais como pontas de cigarros, absorventes, preservativos, plásticos e restos de comida; Antes de lavar louça, limpe os restos de comida e jogue-os no lixo; limpe frequentemente os ralos dos banheiros e lavanderias; use ralos, grelhas e sifões nas pias e tanques; recolha o resto de óleo de cozinha em recipientes descartáveis e entregue em locais de reciclagem. Nunca descarte óleo de cozinha na pia.

Fonte: O Serrano


← Voltar